Manaus, 19 de novembro de 2020

Posto de testagem rápida de Covid-19, na UEA, atendeu mais de seis mil pessoas

Com redução da demanda, FVS encerrou atividades nesta sexta-feira
Postado em: 31 de julho de 2020

Um total de 6.133 pessoas foram atendidas no posto de testagem rápida de Covid-19, que foi montado pela Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas (FVS-AM) na Escola Superior de Ciência e Saúde da Universidade do Estado do Amazonas (UEA), zona sul de Manaus. A oferta de testes rápidos foi encerrada nesta sexta-feira (31/07), no local, que estava funcionando desde o dia 28 de abril.

Foram atendidos profissionais da saúde e colaboradores da UEA no posto. As coletas eram feitas no sistema drive-thru, permitindo que os profissionais ficassem dentro dos veículos, minimizando o contato e descartando aglomerações.

“Nós tivemos 6.133 testes realizados e desses, tivemos uma positividade de 25%, o que correspondeu a 1.573 casos. Então, consideramos que a missão foi plenamente cumprida no sentido de garantir que os profissionais de saúde tivessem acesso aos exames e que eles pudessem evitar ser foco de contaminação, na medida em que, se identificando positivos, eles se afastavam do serviço, mantinham o isolamento e o período de quarentena, o que certamente contribuiu muito para reduzir a transmissão dos casos”, observou Rosemary Costa Pinto, diretora-presidente da FVS-AM.

De acordo com dados da FVS, foi detectada uma redução de 65% na positividade dos testes. Em abril, a média de profissionais de saúde que testaram positivo para o novo coronavírus (SARS-CoV-2), que causa Covid-19, era de 29%. Em julho, essa média reduziu para 10%.

Os testes para profissionais da rede pública e privada seguem sendo realizados, por agendamento, no estacionamento da Escola de Enfermagem de Manaus, da Universidade Federal do Amazonas (EEM/Ufam), zona centro-sul da capital. Mais informações sobre agendamento podem ser obtidas no site da FVS-AM (https://bit.ly/2WIbaO7).

Fotos: Arthur Castro/Secom

Copy link