Manaus, 13 de julho de 2020

Polícia Civil pede o apoio para localizar dois integrantes de grupo investigado por oito homicídios, na zona leste da capital

A Polícia Civil do Amazonas (PC-AM), representada pela delegada-geral Emília Ferraz e pelos delegados Paulo Martins e Charles Araújo, titular e adjunto, respectivamente, da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS), solicita a colaboração de todos nas divulgações das imagens de Myguel Moreira Sabino e Adenilson de Souza Carvalho Pepeu, conhecido como “Pepeu”. Os dois […]
Postado em: 18 de junho de 2020

A Polícia Civil do Amazonas (PC-AM), representada pela delegada-geral Emília Ferraz e pelos delegados Paulo Martins e Charles Araújo, titular e adjunto, respectivamente, da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS), solicita a colaboração de todos nas divulgações das imagens de Myguel Moreira Sabino e Adenilson de Souza Carvalho Pepeu, conhecido como “Pepeu”. Os dois são apontados como integrantes de um grupo investigado por oito homicídios ocorridos entre 2016 e o início deste ano, em pontos distintos da zona leste da capital.

De acordo com as autoridades policiais, as outras quatro pessoas que integravam o grupo criminoso já foram presas pelas equipes da DEHS. Os quatro infratores foram identificados como Alex Silva Nascimento, de 18 anos; Alysson Pereira da Silva, 40; Clério Silva dos Santos, 54, e o filho dele, Thiago Silva dos Santos, 20.

Conforme o delegado Paulo Martins, a maioria dos homicídios está relacionada à disputa pelo território de tráfico de drogas na zona leste de Manaus. As investigações acerca do envolvimento do grupo nesses delitos tiveram início há cerca de cinco meses.

“Algumas das vítimas foram mortas porque haviam cometido furtos na área comandada pelo grupo. E, para evitar chamar a atenção das autoridades em decorrência desses furtos, o grupo criminoso decidia executar quem praticava esse delito naquela localidade”, explicou Charles Araújo.

Disque-denúncia – Quem puder colaborar com informações sobre as localizações de Myguel e “Pepeu”, entrar em contato por meio do número (92) 3636-2874, o disque-denúncia da Especializada, ou pelo número 181, da Secretaria de Estado de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM). “Asseguramos o sigilo da identidade dos informantes”, garantiu Martins.

FOTOS: Divulgação/PC-AM

Copy link