Operações da SSP-AM prendem lideranças de organização criminosa

Três lideranças de uma facção criminosa, que ordenou ataques no Amazonas, já foram presas em operações coordenadas pela Secretaria de Segurança Pública (SSP-AM). Nesta terça-feira (08/06), mais um traficante foi preso, em Manaus, em uma ação realizada em parceria entre a Polícia Civil do Amazonas e do Pará. Os presos são denominados “conselheiros” da facção […]
Postado em: 8 de junho de 2021

Três lideranças de uma facção criminosa, que ordenou ataques no Amazonas, já foram presas em operações coordenadas pela Secretaria de Segurança Pública (SSP-AM). Nesta terça-feira (08/06), mais um traficante foi preso, em Manaus, em uma ação realizada em parceria entre a Polícia Civil do Amazonas e do Pará.

Os presos são denominados “conselheiros” da facção criminosa. As prisões iniciaram no domingo (06/06), mesmo dia em que os ataques começaram. Na operação “Cabeças III”, deflagrada pela Polícia Civil do Amazonas, por meio do Departamento de Investigação sobre Narcóticos (Denarc), em conjunto com a Polícia Civil do estado do Pará, na manhã desta terça-feira (08/06), foi preso Marcos Paulo Monte dos Santos, o “Mosquito”.

O foragido foi identificado como conselheiro final da facção de traficantes. A prisão ocorreu em uma residência no bairro Puraquequara, zona leste de Manaus, e no momento da prisão o infrator apresentou documento falso.

Segundo a delegada Tamara Albano, delegada adjunta do Denarc, Marcos Paulo faz parte da cúpula da facção criminosa que atua no estado do Pará. O suspeito estava no Amazonas para se esconder, uma vez que é apontado como articulador da morte de vários agentes públicos e possui mandado de prisão pelos crimes de homicídio qualificado, roubo e associação ao tráfico de drogas.

Na madrugada de segunda-feira (07/06), Brandon Washington Martins e Silva, o “Breno”, foi preso na rua Rio Jordão, bairro Colônia Terra Nova, zona norte. Com o suspeito, foram apreendidas uma submetralhadora calibre PT40, porções de cocaína e mais de R$ 3,3 mil. “Breno” é um dos envolvidos nos ataques.

No domingo (06/06), agentes da SSP-AM prenderam o conselheiro provisório da facção, identificado como Ederfran de Oliveira Silva, o “Neném”. A prisão ocorreu em uma residência de luxo no bairro Novo Aleixo, zona norte, no momento em que ele estava em uma festa.

De acordo com a polícia, após a morte de Erick Batista Costa, o “Dadinho”, Ederfran se tornou um conselheiro temporário da organização criminosa e foi um dos autores intelectuais dos ataques e incêndios em Manaus, registrados no final de semana. Ele vivia uma vida de luxo, possuía carros importados e é irmão do traficante “Babujo”, que está preso em uma unidade prisional em Manaus.

Conforme o secretário de Segurança Pública, coronel Louismar Bonates, a ordem do governador Wilson Lima é investigar e responsabilizar criminalmente todos os envolvidos nos ataques criminosos, ocorridos no último final de semana em Manaus e em alguns municípios do interior do estado.

Ações contra a criminalidade – Desde a manhã do último domingo (06/06), a Secretaria de Segurança Pública (SSP-AM) reforçou o policiamento nas ruas e vem realizando diversas ações para combater ataques criminosos na capital e no interior do Amazonas. Durante essas ações, 35 pessoas já foram presas em todo o estado e mais de 40 barreiras policiais foram montadas, em todas as zonas de Manaus, para a realização de abordagens e vistorias em veículos.

FOTO: Lucas Silva/Secom

Copy link