Manaus, 19 de setembro de 2020

Governo do Amazonas reforça oferta de serviços na rede de saúde do Estado

O Governo do Amazonas vai reforçar a oferta de serviços nas unidades de saúde no Estado, com a ampliação de especialidades médicas e cirurgias de média e alta complexidade. As informações foram repassadas, nesta sexta-feira (11/09), pelo titular da Secretaria de Estado de Saúde do Amazonas (SES-AM), Marcellus Campêlo, durante live nas redes sociais do […]
Postado em: 11 de setembro de 2020

O Governo do Amazonas vai reforçar a oferta de serviços nas unidades de saúde no Estado, com a ampliação de especialidades médicas e cirurgias de média e alta complexidade. As informações foram repassadas, nesta sexta-feira (11/09), pelo titular da Secretaria de Estado de Saúde do Amazonas (SES-AM), Marcellus Campêlo, durante live nas redes sociais do Governo do Estado.

Entre as medidas apontadas, está a assinatura, até o final deste mês, de um novo convênio entre o Governo do Estado com o Hospital Beneficente Português para a oferta de serviços de hemodinâmica, ampliando assim a rede de assistência desse tipo de especialidade. Nesta semana, o governador Wilson Lima assinou convênio com o hospital português para a oferta de 180 vagas de hemodiálise.

Marcellus Campêlo também reforçou a importância da população manter as medidas de segurança, destacando que um aumento no número de casos do novo coronavírus e, consequentemente, de internações pela doença, podem trazer importantes prejuízos para a população que aguarda algum tipo de exame, consultas ou cirurgias.

“Durante o período do pico da pandemia, os serviços de saúde eletivos, as consultas, os exames, deixaram de ser realizados, a não ser aqueles de urgência. Quando os números reduziram, nós conseguimos reabrir as unidades de saúde para esses procedimentos, a fila é considerável. Então, isso é mais um motivo para que a gente evite voltar àquela realidade de abril e maio, porque o impacto na saúde da população em relação a exames, consultas e cirurgias eletivas será dramático”.

Como parte do plano de reestruturação da Saúde estadual, o governador Wilson Lima lançou, no dia 31 de agosto, o Programa “Saúde Amazonas”, que entre as principais ações está a redução das filas de procedimentos eletivos e do tempo de espera por esses atendimentos. Para isso, a SES-AM montou um plano em que o Hospital Delphina Aziz será unidade de retaguarda, em que serão realizados exames, consultas e cirurgia, funcionando em sua capacidade plena a partir de outubro.

“Com a abertura do Hospital Delphina Aziz, esperamos desafogar os três principais prontos-socorros para a realização principalmente de cirurgias de média e alta complexidade. O Delphina continuará tendo uma ala exclusiva para Covid-19 e outras síndromes respiratórios para adultos e o Icam passa a ser unidade pediátrica referenciada para atender, também, crianças com Covid-19”, disse Câmpelo.

FOTO: Arthur Castro / Secom

Copy link