Manaus, 13 de julho de 2020

Exposição Virtual do Liceu Claudio Santoro aborda “Olhares em Quarentena”

São quase 200 trabalhos realizados pelos alunos dos núcleos de Artes Visuais e Audiovisual Autorretratos, pessoas em isolamento, fotografias das rotinas e dos animais, reproduções dos animes favoritos são algumas das temáticas representadas na exposição virtual “Olhares em Quarentena”, com trabalhos de 106 alunos do Liceu de Artes e Ofícios Claudio Santoro. As pinturas e […]
Postado em: 10 de junho de 2020

São quase 200 trabalhos realizados pelos alunos dos núcleos de Artes Visuais e Audiovisual

Autorretratos, pessoas em isolamento, fotografias das rotinas e dos animais, reproduções dos animes favoritos são algumas das temáticas representadas na exposição virtual “Olhares em Quarentena”, com trabalhos de 106 alunos do Liceu de Artes e Ofícios Claudio Santoro. As pinturas e desenhos foram produzidos, em sua maioria, durante o período de isolamento social e podem ser visualizadas no Portal da Cultura (cultura.am.gov.br/portal/exposicao-virtual/).

Administrado pelo Governo do Amazonas, por meio da Secretaria de Cultura e Economia Criativa, o Liceu Claudio Santoro tem unidades em Manaus, Parintins e Envira. Os trabalhos da exposição são de alunos dos núcleos de Artes Visuais e Audiovisual do Sambódromo e Centro de Convivência da Família Padre Pedro Vignola, em Manaus; e da unidade Parintins.

“São alunos de cursos para crianças de 7 a 12 anos e também cursos a partir de 13 anos e sem limite de idade, então, é uma exposição bem variada dos olhares desses alunos”, explica a coordenadora dos núcleos de Artes Visuais e Audiovisual, Juliana Mascarin.

“O Liceu nunca parou suas atividades, nós desenvolvemos formas de continuar os exercícios com nossos alunos por meio de aplicativos e videochamada. Estes trabalhos são resultado disso e acabou sendo uma consequência natural termos a iniciativa dessa exposição para mostrar o que eles vêm fazendo durante esse tempo”, afirma.

Juliana ressalta que a maioria dos trabalhos é marcada pelo período de isolamento social devido à pandemia de Covid-19, o que levou a uma ressignificação da rotina dos alunos.

“Eles mostraram outros olhares para o seu cotidiano, para a questão da pandemia. As obras também têm um teor de autoconhecimento, um olhar para si, além de apresentarem referências das coisas que gostam, como seus desenhos preferidos e animais de estimação. A arte é fundamental durante estes tempos e essa exposição fica como um registro sobre esse período, sobre os sentimentos e ansiedades, sobre tudo que passou pela cabeça destes alunos expressados nestes trabalhos”.

“Olhares em Quarentena” conta com 198 obras dos cursos de Desenho, Pintura, Arte para Crianças e Fotografia, e ficará disponível no Portal da Cultura por tempo indeterminado. “Esperamos, assim que tudo voltar ao normal, fazer esta exposição também de forma física no futuro”, declara Juliana Mascarin.

Fotos: Divulgação

Copy link