Manaus, 18 de novembro de 2020

ADS investe R$ 4,8 milhões na compra de mais de mil toneladas de alimentos da agricultura familiar

A ação fez parte do pacote de medidas do Governo do Estado para o setor primário durante a pandemia A política emergencial de compra de alimentos da agricultura familiar iniciada em março deste ano, por meio do Programa de Assistência Familiar (PAF), executado pela Agência de Desenvolvimento Sustentável do Amazonas (ADS), beneficiou 396 famílias de […]
Postado em: 11 de julho de 2020

A ação fez parte do pacote de medidas do Governo do Estado para o setor primário durante a pandemia

A política emergencial de compra de alimentos da agricultura familiar iniciada em março deste ano, por meio do Programa de Assistência Familiar (PAF), executado pela Agência de Desenvolvimento Sustentável do Amazonas (ADS), beneficiou 396 famílias de 17 municípios durante três meses de ação. Ao todo, R$ 4,8 milhões foram investidos na aquisição de mais de mil toneladas de alimentos regionais oriundos da agricultura familiar.

De acordo com o presidente da ADS, Sérgio Litaiff Filho, os produtos foram destinados a pessoas em situação de vulnerabilidade social, abrigos, organizações da sociedade civil, beneficiários do Bolsa Família, hospitais e outras instituições cadastradas no Governo do Amazonas.

“Realizamos a aquisição destes produtos como forma de auxiliar as famílias que vivem da agricultura e, sem dúvida, conseguimos alcançar o nosso objetivo, que era atender o máximo de famílias de produtores durante a pandemia”, disse.

A Associação dos Produtores Rurais da Região Norte (Aspronorte), localizada no município de Itacoatiara, foi uma das que recebeu o auxílio. “Se não fosse essa ação do Governo, teríamos perdido a produção. Ao todo, ajudamos 30 famílias e realizamos a entrega de aproximadamente 25 mil quilos de produtos, entre banana, couve, cheiro verde, batata doce, abacaxi, abóbora e macaxeira”, relatou a presidente da associação, Fernanda Rodrigues.

Os municípios alcançados com a ação do Governo do Amazonas foram: Anamã, Autazes, Benjamin Constant, Carauari, Careiro, Careiro da várzea, Codajás, Eirunepé, Iranduba, Itacoatiara, Japurá, Manacapuru, Manaquiri, Manaus, Parintins, Presidente Figueiredo e Rio preto da Eva. As entregas foram realizadas por meio das secretarias de Justiça, Direitos Humanos e Cidadania (Sejusc) e de Assistência Social (Seas), e do Fundo de Promoção Social e Erradicação da Pobreza (FPS).

Fotos: Ruth Jucá/ADS

Copy link